Skip to main content

"Cobiça", de J.R. Ward

12204216
Goodreads 

Opinião

Este livro foi-me emprestado pela Soraia – obrigada!
Já li o livro há uns dias e não quero que aconteça o mesmo que no ano passado – deixava passar semanas e depois não sabia o que dizer, por isso aqui vai.

Primeiro: na sinopse diz que Jim Heron é um anjo caído. Durante a leitura, fiquei com a sensação de que tinha deixado escapar informações importantes e esquecido realmente a definição de anjo caído, que verdade seja dita acho que nunca vim a saber muito bem. Fui à wikipédia. Ora um anjo caído pode ser um anjo que caiu do paraíso ou um anjo que cobiça mais poder e se entrega ao lado das trevas. Pelo que vi, Jim Heron é um tipo que morreu – em circunstâncias algo forçadas, a meu ver – e foi parar às portas do paraíso onde encontrou quatro anjos.

A) Não chegou a entrar no paraíso e é-lha dada uma missão – a de salvar sete almas, sendo a primeira a de Vin diPietro - se for bem-sucedido pode voltar a viver. Dado que a autora não deu uma definição propriamente explícita do que Jim Heron é, pergunto-me como pode ser considerado um anjo caído sob estas circunstâncias. Este ponto leva-me ao seguinte.

B) O livro fala de anjos e demónios. E é só. Nem sequer explicou devidamente o envolvimento de Jim, por que razão foi ele o escolhido e porque não outro. Worldbuil muito fraco, portanto. Será que percebi bem?

O livro tem 520 páginas com vários pontos de vista, todos na 3ª pessoa do singular, e com muita palha. Alguns dos pontos de vista e acontecimentos podiam ter sido cortados, não acrescentaram nada de interessante e em vez de suscitar a minha curiosidade só me fez soprar de impaciência pela seca que foi ter de os ler.

A autora deixou pontas soltas monumentais neste livro. Uma das personagens é Marie-Therese, o interesse romântico da alma que Jim tem de salvar. Marie-Therese tem um passado e esse passado, embora seja uma sombra em todo o livro, induz-nos em erro porque no final não é nada do que pensámos. Poderia ter-se considerado um twist, mas não é, pois a autora não soube interligar as partes e elas caíram de pára-quedas. Senti-me defraudada, principalmente porque atou mal as pontas e elas soltaram-se. [Spoiler] Ela andava a fugir do ex-marido, que supostamente encontrava-se preso. Durante o livro todo, indiciou que era o ex que estava atrás dela para se vingar. Afinal, era um gajo, que nem sequer tinha sido mandado pelo ex, trabalhava como independente obcecado por ela. E o marido? Nunca mais se ouviu falar dele. [Fim de spoiler] Tanto medo, tanta ansiedade e depois…  

A tradução está horrível, esperava mais da Quinta Essência. Se o original estiver assim tão mau, também não conseguiriam fazer milagres.  

Apesar de tudo, as 2,5* foram pela avidez da leitura, há muito que não lia tão rápido. Acrescento ainda o humor, que me fez dar algumas gargalhadas. 

29.01.2014
2,5*

Comments

Popular posts from this blog

Contos| 5 ideias para escrever

Depois de um mês que foi um D E S A S T R E, surge Março com a luz ao fundo do túnel. 
Ainda estou doente, mas se não me puser de pé o corpo e a mente habituam-se ao bem bom da caminha e não pode ser. Chega de mandriar. De pé, decidi escrever. Como se uma coisa tivesse a ver com a outra...
Eu repito: decidi escrever. Em 2013 terminei o meu primeiro draft e fiquei com menos um esqueleto na gaveta com a promessa de reduzir os restantes. Em 2014, peguei-lhe e dei-lhe uma volta de 180º, integrei muitas coisas, novas situações, personagens, twists, mas... achei que ME faltava algo enquanto escrevinhadora, talvez mais experiência como leitora. Vai daí, deixei as ideias em lume brando e dediquei-me à leitura; li de tudo, li muito, li livros pequenos e grandes, em português e inglês, físicos e e-books. 
Em 2015, propus-me a terminá-lo. E quem anda nas ruas do editanço e etc e tal, sabe como funciona. Aiiii, que isto está tão bom. Hãããn qu'é que andaste a beber?!?! Está horrível! Fui eu que e…

"A Grande Revelação", de Julia Quinn

Goodreads
Opinião
Quando se trata de Julia Quinn, não consigo ser imparcial. Não, correcção: não sei ser imparcial. Para falar a verdade, não que o seja nos outros livros que leio, mas com esta autora é diferente.
Este livro é especial, por muitos motivos. Um deles é ter revelado o GRANDE segredo que é absolutamente fenomenal. Ainda outro prende-se pelo dom que ambos os protagonistas têm em comum. Um gosto que também é o meu... e não, não vou dizer qual é porque seria um spoiler de todo o tamanho. Esperei muito tempo – talvez umas duas semanas para comprar o livro que eu pensava que sairia a dia 27 de janeiro, e mais duas semanas para comprá-lo efectivamente depois do lançamento - mas, puf, isto não é nada certo? Nada, comparado com os meses que ficarei à seca à espera do 5#, oh dear Lord…Focando a história, que isso é que importa, tinha muitas expectativas sobre ela. Quando lemos um ou dois livros de uma dada autora, ainda é como a outra. É novidade e, por gostarmos tanto, tanto, tanto,…

yWriter

Nota aos LeitoresDecidi partilhar algumas dicas, programas, sites, etc que me têm ajudado a desempenar na escrita. Incrível foi eu já ter este post escrito e agendado e alguém me dizer: tenta usar a escrita e o blogue como "testemunho" e não como "confidência". Por isso, eis-me aqui... com uma dica que me tem realmente ajudado! 
 *

Utilizo este programa há uns anos e só tenho coisas boas a dizer!

O que é yWriter?