Skip to main content

"Um Beijo Inesquecível", de Teresa Medeiros

Um Beijo Inesquecível (Fairleigh Sisters, # 1)

Opinião

Sobre este livro não tenho muito a dizer. Já o li há uns dias e os exames e as restantes leituras fizeram com que me esquecesse do que queria partilhar.
Um Beijo Inesquecível, dentro do género (época e/ou histórico), não é dos melhores que já li. MAS safa-se. Não quero generalizar por ter lido só um livro desta autora, mas este livro não fez elevar Teresa Medeiros ao mesmo patamar que uma Julia Quinn, Sherry Thomas, Lauren Lee Guhrke, Nicole Jordan, e por aí fora. Para mim, estas são como rainhas do género, apesar de não ter lido muito destas três (da Julia Quinn só li 4 e das restantes apenas 1).
Consegui ver os costumes da época de outra perspectiva, menos aristocrática, por assim dizer. Isso foi o que mais gostei.
O livro peca por focar-se muito no romance e por dar pouca química aos protagonistas. A questão da perda de memória de Sterling pareceu-me um bocadinho forçada, mas lá passou. Gostaria de ter visto mais da época e não tanto do romance em si. Ou talvez mais equilibrado, não sei. 
Adorei a protagonista, muito forte e disposta a fazer tudo para proteger os seus e preservar a memória daqueles que mais gosta. Sterling não me convenceu. Era tão mau, tão mau, mas pouco se viu dessa maldade. É apenas um rapazinho que se sentiu abandonado pela mãe e quase que usava isso como desculpa para justificar o seu temperamento.

No geral, foi um bom livro para desanuviar – já que comecei a idolatrar o género – mas, infelizmente, não foi assim tão difícil de esquecer. Espero conseguir ler outros da autora e que consiga gostar mais do que deste.

05.02.2014 
3*

Comments

  1. Por acaso gosto imenso dela. Consegue escrever coisas totalmente diferentes como foi o caso d'A Conquistadora e este. Dentro do género "conto de fadas", aproveito para comparar com o livro do Benedict da Julia Quinn, que tb recria uma história dos contos de fadas (A Cinderela, acho) e pessoalmente acho este melhor. O Benedict foi um cretino durante boa parte do livro e isso para mim tirou o charme da história. Quanto à Julia Quinn eu gosto imenso mas os Bidgertons já cansam um bocadito. Pouca novidade..

    ReplyDelete
    Replies
    1. Que engraçado, acho que fiz uma comparação com o livro do Benedict, mas com outro livro que li "O Beijo Encantado" de Eloisa James - que à semelhança deste da Teresa Medeiros também não me convenceu. Sou um pouco suspeita porque adoro a Julia Quinn de coração. Quinn, Sherry Thomas, Laura Lee Gurhke :P Quanto à fórmula da Quinn, acontece-me o mesmo quando leio vários livros da mesma autora.

      Delete

Post a Comment

Deixa aqui as tuas epifanias ^^
A gerência agradece :)

Popular posts from this blog

Contos| 5 ideias para escrever

Depois de um mês que foi um D E S A S T R E, surge Março com a luz ao fundo do túnel. 
Ainda estou doente, mas se não me puser de pé o corpo e a mente habituam-se ao bem bom da caminha e não pode ser. Chega de mandriar. De pé, decidi escrever. Como se uma coisa tivesse a ver com a outra...
Eu repito: decidi escrever. Em 2013 terminei o meu primeiro draft e fiquei com menos um esqueleto na gaveta com a promessa de reduzir os restantes. Em 2014, peguei-lhe e dei-lhe uma volta de 180º, integrei muitas coisas, novas situações, personagens, twists, mas... achei que ME faltava algo enquanto escrevinhadora, talvez mais experiência como leitora. Vai daí, deixei as ideias em lume brando e dediquei-me à leitura; li de tudo, li muito, li livros pequenos e grandes, em português e inglês, físicos e e-books. 
Em 2015, propus-me a terminá-lo. E quem anda nas ruas do editanço e etc e tal, sabe como funciona. Aiiii, que isto está tão bom. Hãããn qu'é que andaste a beber?!?! Está horrível! Fui eu que e…

"A Grande Revelação", de Julia Quinn

Goodreads
Opinião
Quando se trata de Julia Quinn, não consigo ser imparcial. Não, correcção: não sei ser imparcial. Para falar a verdade, não que o seja nos outros livros que leio, mas com esta autora é diferente.
Este livro é especial, por muitos motivos. Um deles é ter revelado o GRANDE segredo que é absolutamente fenomenal. Ainda outro prende-se pelo dom que ambos os protagonistas têm em comum. Um gosto que também é o meu... e não, não vou dizer qual é porque seria um spoiler de todo o tamanho. Esperei muito tempo – talvez umas duas semanas para comprar o livro que eu pensava que sairia a dia 27 de janeiro, e mais duas semanas para comprá-lo efectivamente depois do lançamento - mas, puf, isto não é nada certo? Nada, comparado com os meses que ficarei à seca à espera do 5#, oh dear Lord…Focando a história, que isso é que importa, tinha muitas expectativas sobre ela. Quando lemos um ou dois livros de uma dada autora, ainda é como a outra. É novidade e, por gostarmos tanto, tanto, tanto,…

yWriter

Nota aos LeitoresDecidi partilhar algumas dicas, programas, sites, etc que me têm ajudado a desempenar na escrita. Incrível foi eu já ter este post escrito e agendado e alguém me dizer: tenta usar a escrita e o blogue como "testemunho" e não como "confidência". Por isso, eis-me aqui... com uma dica que me tem realmente ajudado! 
 *

Utilizo este programa há uns anos e só tenho coisas boas a dizer!

O que é yWriter?