Skip to main content

"The Summer I Turned Pretty" | Jenny Han

The Summer I Turned Pretty (Summer, #1)
Título: The Summer I Turned Pretty
Autor: Jenny Han
Editora: Simon & Schuster Books
Publicação: Janeiro | 2009
Sinopse: Aqui
Cotação


Este livro foi-me sugerido e emprestado há dois anos pela Mafalda do ADPOC. Convicta na minha resolução de ler pelo menos 12 livros este ano – 1 por mês teria sido o mais indicado, mas foi ajustado quando não consegui cumprir – lá peguei nele este ano.  

Não estou certa se a versão que li foi a final, porque na contracapa diz “uncorrected book proof” e como não sou expert também não sei dizer se tem erros linguísticos ou não. Não obstante, a escrita pareceu-me simples e bastante acessível a pessoas que lêem pouco em inglês ou que não estão familiarizadas com a língua.

A sinopse interessou-me e a premissa também: uma rapariga, dois rapazes, um verão que muda tudo. Foi pena que só isto tenha atraído a minha atenção. Não há muito mais a explicar, de facto o plot é bastante simples.

A personagem, Isabella (Belly), passa todos os anos o verão na casa da melhor amiga da mãe, Susannah, que tem dois filhos quase da mesma idade. Belly anda o ano todo obcecada por aqueles três meses de verão – palavras dela, não minhas – e a perguntar-se o que os outros acham dela.

À parte das analepses, que me pareceram forçadas, Belly foca-se muito nos rapazes com particular interesse por Conrad e Jeremiah, filhos da melhor amiga da sua mãe. Belly na piscina, Belly a querer ir às mesmas festas que os rapazes, Belly a amuar, Belly... O livro anda sempre de volta disto, tornando-se aborrecido e repetitivo. 

Não consegui sentir empatia com a protagonista, que criticava a melhor amiga Taylor por se atirar aos rapazes, mas fazia o mesmo com quase total desespero por se tornar “pretty” como ela. Também as personagens de Conrad e Jeremiah pareceram-me ocas, senti falta de maior desenvolvimento – mas, lá está, com uma protagonista egocêntrica não se podia fazer mais – o drama que envolveu Susannah, a mãe dos rapazes, também não me convenceu, o irmão de Belly ficou esquecido, o pai, a mãe, tudo personagens-marioneta, estavam lá mas eram manejadas a seu bel-prazer.  


Teve algumas partes engraçadas – o verão assim o exigia, se não tivesse o livro teria sido um fiasco maior do que foi - mas não reparei no público-alvo e no fim verifiquei que a autora dirige as suas histórias para crianças e jovens, por isso talvez este não tenha sido o livro certo para mim. 

Comments

Popular posts from this blog

Contos| 5 ideias para escrever

Depois de um mês que foi um D E S A S T R E, surge Março com a luz ao fundo do túnel. 
Ainda estou doente, mas se não me puser de pé o corpo e a mente habituam-se ao bem bom da caminha e não pode ser. Chega de mandriar. De pé, decidi escrever. Como se uma coisa tivesse a ver com a outra...
Eu repito: decidi escrever. Em 2013 terminei o meu primeiro draft e fiquei com menos um esqueleto na gaveta com a promessa de reduzir os restantes. Em 2014, peguei-lhe e dei-lhe uma volta de 180º, integrei muitas coisas, novas situações, personagens, twists, mas... achei que ME faltava algo enquanto escrevinhadora, talvez mais experiência como leitora. Vai daí, deixei as ideias em lume brando e dediquei-me à leitura; li de tudo, li muito, li livros pequenos e grandes, em português e inglês, físicos e e-books. 
Em 2015, propus-me a terminá-lo. E quem anda nas ruas do editanço e etc e tal, sabe como funciona. Aiiii, que isto está tão bom. Hãããn qu'é que andaste a beber?!?! Está horrível! Fui eu que e…

"A Grande Revelação", de Julia Quinn

Goodreads
Opinião
Quando se trata de Julia Quinn, não consigo ser imparcial. Não, correcção: não sei ser imparcial. Para falar a verdade, não que o seja nos outros livros que leio, mas com esta autora é diferente.
Este livro é especial, por muitos motivos. Um deles é ter revelado o GRANDE segredo que é absolutamente fenomenal. Ainda outro prende-se pelo dom que ambos os protagonistas têm em comum. Um gosto que também é o meu... e não, não vou dizer qual é porque seria um spoiler de todo o tamanho. Esperei muito tempo – talvez umas duas semanas para comprar o livro que eu pensava que sairia a dia 27 de janeiro, e mais duas semanas para comprá-lo efectivamente depois do lançamento - mas, puf, isto não é nada certo? Nada, comparado com os meses que ficarei à seca à espera do 5#, oh dear Lord…Focando a história, que isso é que importa, tinha muitas expectativas sobre ela. Quando lemos um ou dois livros de uma dada autora, ainda é como a outra. É novidade e, por gostarmos tanto, tanto, tanto,…

yWriter

Nota aos LeitoresDecidi partilhar algumas dicas, programas, sites, etc que me têm ajudado a desempenar na escrita. Incrível foi eu já ter este post escrito e agendado e alguém me dizer: tenta usar a escrita e o blogue como "testemunho" e não como "confidência". Por isso, eis-me aqui... com uma dica que me tem realmente ajudado! 
 *

Utilizo este programa há uns anos e só tenho coisas boas a dizer!

O que é yWriter?